Reviews by users

JULIANA GUIMARÃES
JULIANA GUIMARÃES,
5

Desde os oito anos tenho sofrido com o transtorno bipolar afetivo, depressão e agora fibromialgia. Passei por diversos tratamentos incluindo uma internação por tentativa frustrada de suIcÍdio. Sentia muita dor física e emocional, uma imensa angústia, tristeza, rejeição familiar e social. A angústia era constante e profunda. Há um ano atrás a depressão e a bipolaridade tiveram um avanço assustador e procurei outra psiquiatra. Passei a fazer uso de dois comprimidos de Sertralina pela manhã associado a três de lítio. Essas medicações se repetiam a noite junto com três comprimidos de Amytril. Meu caso é considerado grave e a medicação até surtiu um pouco de melhora significativa. Passado um período de dez meses, comecei a ter graves problemas estomacais passando a ter refluxo e rastros de sangue ao vomitar. Tudo me passou a causar náuseas e até agora o problema ainda persiste mesmo após quatro meses sem medicação alguma, pois o estômago não está aceitando nenhuma medicação e já não consigo mais ingerí-los sem vomitá-los logo em seguida. É automático (inclusive analgésicos também) alguns alimentos tem dias que também não caem bem. Há um mês atrás, sem medicação, passei a arquitetar novos intuitos de suicídio. Foi então que por intermédio de um amigo quando eu já não acreditava em mais nada, tive a indicação deste psicólogo que se utiliza da hipnoterapia como uma grande ferramenta para a psicoterapia clínica. Em dois meses de terapia e uma seção de hipnose as idéias suicidas sumiram e as crises depressivas, assim como as crises intensas da fibromialgia se tornaram mais leves e espaçadas. Já havia tentado outros métodos sem resultados positivos. Nenhuma terapia dita convencional surtiu algum efeito significativo. Sobre a hipnose, eu tinha um certo receio, pois a via como um passatempo ou uma brincadeira perigosa. Nunca imaginei que a hipnose pudesse ser usada como ferramenta de tratamento psicoterápico. Minha experiência foi libertadora. Acho que é assim que posso descrever em uma única palavra. Me sinto mais equilibrada psicologicamente, ganhando auto-estima gradativamente. Recomento a hipnoterapia. Ela te leva a se conhecer melhor, desde que você esteja disposto a isto, mesmo que te doa. A hipnose ajuda no autoconhecimento de si mesmo e possibilita uma restituição da sua auto-estima ela ajuda você a se descobrir. Todos deveriam passar pela hipnoterapia ao menos uma vez na vida. O Jorge Branada fez um excelente trabalho.

Rate JORGE BRANADA